Digite o nome do sepultado (ou trecho do nome) para fazer a busca








Antes de morrer eu quero...
 
 
 
NO DIA DE FINADOS, CEMITÉRIOS ADEREM À CAMPANHA “BEFORE I DIE”


No Dia de Finados, cemitérios particulares espalhados por todo o Brasil aderiram à campanha “Before I Die” (antes de morrer, na tradução ao português). A ideia é convidar visitantes a escreverem sobre o que desejam pelo resto da vida.

Os locais colocaram murais à disposição da população. O painel, com a frase “Antes de morrer eu quero…”, incentiva as pessoas a completarem a frase. O Cemitério Parque Jardim São Vicente, em Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, por exemplo, registrou diferentes pedidos: desde a cura para doenças até menos preconceito e mais igualdade. Conforme a assessoria de imprensa do cemitério, o muro foi coberto em apenas 24 horas.

Em Campo Grande/MS e Natal/RN, os cemitérios particulares tiveram seus quadros preenchidos já nas primeiras horas do sábado, dia anterior ao Finados. “Viajar”, “Ser feliz”, “Paz no mundo” e “Salvar a vida de todas as pessoas por meio da Medicina” foram algumas das mensagens escritas nos painéis. A aposentada Maria Amélia de Freitas, de 74 anos, perdeu o marido há um ano e meio e confessou que antes disso não tinha o costume de visitar cemitério. Agora, sempre frequenta em datas especiais. “É uma forma de homenagear a pessoa pela importância que ela teve em vida”, destacou. Ednei Guassi, gestor do Cemitério Parque da Ressurreição de Piracicaba explica a importância da iniciativa para os cemitérios particulares que aderiram à campanha: 'não há qualquer pretensão em tirar a dor das pessoas, não temos essa capacidade, muitas vezes sequer conseguimos diminuir o sofrimento das famílias, mas não há dúvida que uma iniciativa simples como essa propicia pensar a morte e ao mesmo tempo sonhar a vida, alargando o foco das pessoas'.

Em Hortolândia/SP, o Cemitério Parque Hortolândia realizou atividades infantis supervisionadas, chuva de pétalas, cortes de cabelo, medição de glicemia e pressão arterial e também aderiu à campanha 'Before I Die'. Segundo seu diretor executivo, Ercy Soares, incentivador dessa idéia no Brasil, “com frases, pedidos, desenhos ou apenas uma reflexão, nós convidamos nossos visitantes a refletir sobre a vida, respondendo à pergunta ‘o que eu quero fazer antes de morrer?’ , já que falar sobre morte é falar também sobre a vida que ainda queremos ter”.

A campanha “Before I Die” começou nos Estados Unidos em 2011 e, desde então, já percorreu 70 países.
A campanha foi aderida por 15 estados e atingiu cerca de 25 milhões de pessoas em todo o país neste Finados.

 
 
 
ÚLTIMOS ARTIGOS
 
Obrigado por tudo, mãe
 
Mãe, uma história comovente
 
A perda de uma mãe
 
Testamentos
 
A morte não é nada
 

Comunidade do Cemitério Parque da Ressurreição © 2013 • Todos os direitos reservados
            Web Site desenvolvido por  Le Play Fagury