Digite o nome do sepultado (ou trecho do nome) para fazer a busca








Antonio Abujamra (1932-2015)
 
 
 
Faleceu em 28/04/2015 Antonio Abujamra.
Mais que um legado artístico, Abujamra deixou um legado de vida, que será para sempre lembrado em frases, posições, provocações, como ele mesmo assim chamava.

Em entrevista ao jornal "O Estado de S. Paulo", em janeiro de 2012, foi questionado que legado gostaria de deixar. "Nenhum. Ando na rua, vejo o nome do fulano de tal na placa, me pergunto quem será. Eu vou morrer, vai ter tabuleta na tabacaria, vai cair a tabuleta, vai cair o dono da rua, vai cair tudo. Não quero deixar nada".

"Mas você tem uma importância muito grande para o teatro", insistia o entrevistador.
"A palavra importante não existe pra mim. Eu proíbo a palavra importante, eu proíbo a palavra humano, a barbárie tem o rosto humano, então eu não preciso usar, proíbo a expressão 'eu acho'. O achismo é uma bobagem."

Segundo o filho, André, "A primeira frase que me lembro ter ouvido de meu pai foi: - A vida é sua. Estrague-a como quiser". Abujamra sempre foi um provocador, no sentido de fazer as pessoas mudarem suas cabeças para conseguir viver, flutuar, levitar um pouco. E deixar de ver as coisas com tanto peso.

"Como é que você gostaria de morrer?", "Quais são seus males?", "Que pergunta você gostaria que eu tivesse feito e eu não fiz?" e "O que é a vida?" eram algumas das cartas que o ator e diretor tinha na manga para investigar a personalidade de seus convidados. Perguntas que continuarão ressoando na vida muitos, desafiando a encontrar respostas.
 
 
 
ÚLTIMOS ARTIGOS
 
Obrigado por tudo, mãe
 
Mãe, uma história comovente
 
A perda de uma mãe
 
Testamentos
 
A morte não é nada
 

Comunidade do Cemitério Parque da Ressurreição © 2013 • Todos os direitos reservados
            Web Site desenvolvido por  Le Play Fagury