Digite o nome do sepultado (ou trecho do nome) para fazer a busca








A perda de um pai...
 
Maria Helena Franco (psicóloga)
 
 
O luto pela perda de um pai ou de uma pessoa amada é a experiência mais universal e, ao mesmo tempo, mais desorganizadora e assustadora que vive o ser humano.

O sentido dado à vida é repensado, as relações são refeitas a partir de uma avaliação de seu significado, a identidade pessoal se transforma. Nada mais é como costumava ser. E ainda assim há vida no luto, há esperança de transformação, de recomeço. Porque há um tempo de chegar e um tempo de partir.

A vida é feita de pequenos e grandes lutos e o ser humano se dá conta de sua condição de ser mortal, porque é humano.



"Você não pode evitar que os pássaros da tristeza voem sobre sua cabeça, mas pode evitar que eles construam ninhos em seus cabelos." (provérbio chinês).
 
 
 
ÚLTIMOS ARTIGOS
 
A morte não é nada
 
Partida e Chegada
 
Um Natal com Sentido
 
O sentido Cristão do dia de Finados
 
Se eu morrer antes de você
 

Comunidade do Cemitério Parque da Ressurreição © 2013 • Todos os direitos reservados
            Web Site desenvolvido por  Le Play Fagury